2020 + 1

Design by Freepik

2020 foi aquele ano em que se passaram 10 anos. 2020 foi pior do que o pior filme de conspiração poderia prever. Pior do que o pior filme de terror. Pior do que o pior.

E, no entanto, por incrível que pareça, assim, de repente, ele vai embora… apesar de achar que ele vai invadir 2021, pois os campeonatos de futebol não acabaram, a pandemia não foi embora, não conseguimos cumprir nenhuma meta…

OK, FICA 2020!! Mas vamos te chamar de 2021, para ter uma sensação de normalidade, a emoção do réveillon, para ter um fato novo, para dar esperança como sempre fez, para descansarmos um pouco e voltarmos com a cabeça refrescada.

Já sei, vamos adotar o calendário chinês, que termina em 11 de fevereiro!… Acho que não vai dar…   Então tentamos após o carnaval, 17 de fevereiro, já que o ano nunca começa antes… vai, arredondando para a segunda feira seguinte, 22,… hummm, apertado.  Quem sabe o calendário astrológico, onde o ano termina em 19 de março!!  Até lá, cerca de 30 e .. na verdade, sei lá % já tomaram a vacina, que, na verdade, tem x sei não quanto % de eficácia contra a mutação y diferente da atual… Acho que é aceitável! Até lá acabaram os campeonatos brasileiro, libertadores, mundial, intergaláctico.. O verão acabou. Parece bom.

Até lá, espero termos aprendido lições importantes sobre o manual de sobrevivência (na verdade o manual é o de instruções sobre a vida, aquele que não recebemos…), neste “kafkiano” 2020:

  • Humildade – nós, poderosos humanos, que dominamos a natureza  e o planeta, fomos derrotados por um minúsculo vírus…
  • Simplicidade – nós que queremos abocanhar o mundo e nunca estamos satisfeitos, poderiamos esquecer os desejos e sonhos mirabolantes, e sermos felizes com a simplicidade dos abraços, palavras de amor, paz de espírito, o frescor de um ar gostoso…
  • Realização – entender que ela está dentro do nosso círculo, em nós mesmos, nos pensamentos, palavras e atitudes.
  • Equilíbrio – estamos além de nossa capacidade de realização com saúde. Estamos com o cérebro a mil, fazendo-2-3-4 coisas ao mesmo tempo, desrespeitando o nosso ciclo circadiano, aliás qualquer ciclo redondo… Podemos aprender a respeitar os ritmos da natureza e o nosso relógio biológico, nosso equilíbrio mental, emocional e espiritual. Ahimsa, a não violência, contra si mesmo. E trabalhar com o possível.
  • Caráter – em pouco momentos o nosso caráter foi tão testado quanto neste ano… a convivência familiar, a paciência, os sentimentos negativos de perda, desespero, angústia.. Há que se saber os limites. Há momentos em que a melhor ação é a não ação. Respirar fundo e lembrar… equilíbrio, humildade, simplicidade…caráter.
  • Respeito – O reconhecimento e o respeito aos outros e aos limites é fundamental. Ahimsa, a não violência, contra si mesmo, e contra os outros, e contra os fatos, para os quais não há argumentos…. se bem que tivemos vários exemplos de negacionismo neste ano…
  • Sabedoria – sabemos que a pandemia vai passar.. mas sofremos muito com as situações. Uma atitude sábia iria causar muito menos dor, sofrimento.
  • Mente aberta – em poucos momentos tivemos de fazer tanta “limonada com o limão”… engasgamos de tanta limonada… estamos rolando de tanta limonada na barriga…. Aprendemos a abrir a mente?
  • Felicidade agora – não existe um futuro chamado felicidade. Nem um caminho chamado felicidade. Ela não é uma coisa nem uma constante, nem uma reta… ela é um estado. Ela acontece agora, e não depende de nada acontecer: somente de reconhecermos ou declararmos a nós mesmos. Respirar fundo, e nesta golfada de ar pra dentro trazer a vontade de ser feliz já!
  • Completude agora – em nosso atual ritmo de maxixe rockado strotado sambista caribenho disco inferno, nunca estamos completos. Sempre falta algo. O xote final.. aliás, o shot final, a saideira… que vira entradeira das várias finais…  Mas o ano ensinou que temos de aceitar “o que temos para o momento”. E ser feliz com isso. E mudar o que não estamos contentes com o tempo.. não agora… porque o passado não volta, é só memória (para os afortunados que a tem), e o futuro não chegou, não existe, só existe uma probabilidade fictícia que nossa mente inventa, materializa, e achamos que é a realidade, só que não… Só existe o presente, o agora, o microssegundo, o tempo de uma sensação, de uma respiração… Que seja a mais gostosa, a mais prazeirosa, a mais charmosa, a mais fresca, a mais amorosa, a mais sinestésica, a mais mais.

Creio que a campeã de likes no you us seja a resiliência. E talvez ela venha de uma mistura balanceada da humildade, simplicidade, equilíbrio, caráter, respeito, sabedoria. Mas também da persistência, da tenacidade. Da mente aberta. E contribui demais para a felicidade e completude agora!!

Este foi um daqueles anos que ficarão marcados na história humana. Período difícil e milagroso. O ano ensinou muito… agora só temos de aprender

Que o isolamento para uns, retiro espiritual para outros, resulte em um grande salto evolutivo!  

Um ótimo 2020 e 1!!! (ficou ótimo o nome!!)

Michel Epelbaum – Diretor da Ellux Consultoria

Diretor da Ellux Consultoria. Tem mais de 25 anos de experiência nacional e internacional em gestão de sustentabilidade, qualidade, meio ambiente, saúde ocupacional e segurança, e compliance. É membro dos Comitês Técnicos da ABNT de Gestão Ambiental, Antissuborno, Riscos, Governança, Responsabilidade Social e Energia. É Lead Assessor nas normas ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, ISO 45001, ISO 19600 e ISO 37001.

Consulte nossos serviços de ConsultoriaTreinamento e Auditoria em Sistemas de Gestão, inclusive nas Normas  ISO 31000, ISO 14001, ISO 9001, ISO 45001, OHSAS 18001, ISO 37001, ISO 19600, ISO 50001.

Gostou? Compartilhe este post!

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ellux Consultoria - há mais de 20 anos trazendo soluções em Gestão da Sustentabilidade, Qualidade e Riscos.

Oferecemos auditorias, consultoria, treinamentos e gamificações em Sistemas de Gestão com base nas Normas ISO 14001, ISO 9001, ISO 45001, ISO 37001, ISO 37301, ISO 19600, ISO 26000, NBR 16001, SA 8000, ISO 50001, ISO 31000, DSC 10000 e outros modelos.