ISO-37001-certificados

Certificações ISO 37001: Estatísticas Mundiais e do Brasil

Design by Freepik

Como visto no artigo passado, com o resumo das estatísticas de certificações das principais normas de sistemas de gestão da ISO, referentes aos dados de dez/18, neste ano de 2018 foram incorporadas as estatísticas de certificação da norma ISO 37001 (Antissuborno), publicada em 2016.

certificados ISO 37001

Vale comentar que os esquemas governamentais de acreditação para a certificação pela ISO 37001 só foram desenvolvidos em 2017, concluindo-se que esta estatística até dez/18 cobriu um período menor que 2 anos.

DADOS DOS PAÍSES

Os 10 países com mais certificados válidos são:

certificados países ISO 37001

Interessante notar:

 o grande interesse pela certificação na Itália. Neste sentido, vale correlacionar com a rapidez da aprovação do critério de acreditação na Itália, e com a atuação de uma certificadora italiana no Brasil.

  dentre os “top 10” há alguns países em desenvolvimento que usualmente não aparecem dentre aqueles com maior número de certificações de Sistemas de Gestão ISO, como Grécia, Polônia, México, Malásia (e mesmo o Brasil e Romênia, que só eventualmente entram nestas listas). Será que há alguma correlação com maior risco de corrupção, p.ex. medido pelo Índice de Percepção de corrupção da Transparência Internacional??  Com exceção do Reino Unido (11º), que está em todas as listas de maiores certificações de Sistemas de Gestão ISO, os demais países do “Top 10” constam da lista da ONG a partir do 36º (Polônia). Creio ser cedo ainda para fazer essa afirmação, mas pode ser objeto de futuras comparações;

  economias gigantes como a da China, Estados Unidos, Índia e Japão, usualmente no “Top 10” nestas certificações ISO, não aparecem na lista desta norma… mas podem ter explicações distintas. No mínimo, estão em regiões diferentes em termos de percepção de corrupção: Estados Unidos e Japão (22º e 18º, respectivamente) , e Índia e China (78º e 87º, respectivamente).

DADOS SETORIAIS

Quanto aos dados setoriais, seguem os dez maiores na tabela abaixo.

certificados ISO 37001 por setor

Vale comentar:

  há algumas falhas na tabela de certificações por setor e país (onde o total de certificações por país nem sempre é o mesmo da outra tabela de número de certificações válidas por país);

  a grande maioria das certificações (quase 60%) não tem um setor conhecido associado (208, sendo que 140 delas são na Itália – todas as certificações deste país), e o segundo colocado é o de outros serviços (20), o que dificulta a análise até o momento;

  o setor farmacêutico teve o terceiro maior número de certificações, mas cabe esclarecer que 13 das 14 certificações são da Coréia do Sul, o que permite especular sobre uma situação particular deste país (legislação nacional? Algum escândalo setorial?), mas que não é geral no mundo;

  a administração pública é o quarto lugar, mostrando o interesse desta certificação vinculada à redução de riscos de suborno no setor público, tema de grande interesse internacional (como demonstrado pelas convenções internacionais anticorrupção de agentes públicos e legislação nacional de muitos países)

  os setores de construção (6º) e tecnologia da informação (9º) tem sido objeto de demanda de certificações também no Brasil.

CONCLUSÃO

Apesar de números ainda não confiáveis para extrair conclusões precisas, tanto pelo pouco tempo transcorrido desde o início das certificações, como por falhas de dados setoriais, podemos visualizar um certo interesse mundial pelo tema. Se considerarmos o número de certificados válidos, o número de 389 certificações parece ser ainda pequeno, comparativamente aos primeiros 2 anos de outras certificações de Sistemas de Gestão ISO. Já se avaliarmos o número de sites certificados (1541), o número já se equipara e supera algumas normas de sistemas de gestão em seus primeiros 2 anos.

Pela experiência no Brasil com a ISO 37001, podemos ver nos dados da ISO algum espelhamento quanto a alguns setores que tem demonstrado interesse nesta certificação e demandado serviços, como a administração pública, construção, tecnologia da informação, transporte, imobiliário, etc.

Vamos acompanhar a próxima pesquisa para o segundo semestre de 2020, para avaliar melhor as tendências.

Michel Epelbaum – diretor da Ellux Consultoria

Consulte nossos serviços de ConsultoriaTreinamento e Auditoria em Sistemas de Gestão inclusive nas Normas ISO 37001 – antissuborno, ISO 19600 e NBR 19601– compliance. 

Saiba mais sobre este assunto em nossos posts relacionados:

Estatísticas de Certificações ISO – 2018 para Normas de Sistemas de Gestão

Atualização Normativa ISO – Governança, Compliance e Antissuborno

Reflexões sobre a Avaliação dos Programas de Integridade (Leis Anticorrupção)

Causa e Consequência, Versões e Verdades: O Movimento Anticorrupção Global Está Evoluindo?

Brasil despenca em ranking de percepção da corrupção: os riscos e as exigências aumentam!

Gostou? Compartilhe este post!

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ellux Consultoria - há 19 anos trazendo soluções em Gestão da Sustentabilidade, Qualidade e Riscos.

Oferecemos auditorias, consultoria, treinamentos e gamificações em Sistemas de Gestão com base nas Normas ISO 14001, ISO 9001, ISO 45001, ISO 26000, NBR 16001, SA 8000, ISO 50001, ISO 31000, ISO 37001, ISO 19600, DSC 10000 e outros modelos.