Gamificação: interessante ferramenta para engajar funcionários

Tipos de Gamificação

A Gamificação pode ser utilizada para os mais diversos públicos com objetivos e enfoques diferentes, como por exemplo: alterar comportamentos, desenvolver habilidades e impulsionar inovação.

Os três públicos-alvo mais comuns em Gamificação são: funcionários, clientes e comunidade de interesse. Para cada um deles existem tipos de soluções gamificadas específicas:

tipos de gamificação

 

Gamificação  Interna

Neste post vou falar especificamente da Gamificação  Interna. É a Gamificação realizada pelas empresas e instituições tendo como foco o público interno. Visa, através de desafios, missões e recompensas, engajar mais e melhor os colaboradores.

A Gamificação pode estimular o aumento da performance nas mais diversas áreas da gestão empresarial. Como por exemplo: aumentar o volume de vendas, diminuir as falhas do produto, melhorar os processos, maior participação na comunicação interna, etc.

Como diz Gabe Zichermann no livro The Gamification Revolution,: “Trata-se de descobrir maneiras de criar alinhamento com incentivos e motivação. Você aumenta a produtividade e o desempenho e pode atrair um funcionário de alta qualidade ou da geração Y, que traz com ele seus conhecimentos tecnológicos”.

Cases de Engajamento

Para exemplificação desta ferramenta, apresento dois cases bem sucedidos de Gamificação interna:

Case 1 –  DirecTV  – Brian Burke  

Problema – Assim como ocorre em muitas empresas, os funcionários de TI da DirecTV não iniciavam projetos inovadores nem tampouco expunham seus fracassos.

Objetivo – Elevar o padrão da equipe de TI da DIRECTV e estimular uma cultura com maior tolerância a riscos.

Solução – A DIRECTV criou uma solução gamificada. Lançou uma série de vídeos motivando os funcionários a assistirem os vídeos, compartilharem as lições aprendidas e os erros dos projetos, ajudando os colegas a evitar a ocorrência dos mesmos problemas.

Case 2 – Postos Ipiranga  – Flora Alves

Problema – Frequência insuficiente nos treinamentos.

Objetivo – Elevar a frequência dos funcionários nos treinamentos ministrados pela Corporação.

SoluçãoGamificação analógica com diversos componentes como storytelling, tabuleiro, regras e desafios.

Conclusão

A exemplo do que aconteceu com a DIRECTV e com os Postos Ipiranga, diversas outras atividades e processos poderiam ser encorajados com a adoção da Gamificação.

Como, por exemplo:

 gestão de finanças,

participação em treinamentos de integração,

equipe de  vendas,

comunicação interna,

conhecimento do produto.

Já utilizamos gamificação em diversos treinamentos.  Tanto no decorrer do treinamento, para maior participação, foco e atenção ao conteúdo proposto, como também antes da realização do treinamento como aquecimento e motivação. Outra possibilidade é utilizar a solução gamificada também após o treinamento a fim de obter maior retenção do conteúdo apresentado e engajar os participantes nos novos hábitos e habilidades recém adquiridas.

Rosa A Epelbaum – diretora da Ellux Consultoria

Consulte nossos serviços de ConsultoriaTreinamento, Auditoria e Gamificação em Sistemas de Gestão e Sustentabilidade.

Para saber mais:

Os principais benefícios da Gamificação

Gamificação como ferramenta para melhoria da aprendizagem

 

Compartilhe este post!

2 Comments

  1. Pingback: 7 Fatores que Podem Atrapalhar o Sucesso de uma Gamificação – Ellux Consultoria

  2. Pingback: Gamificação e a Mudança de Hábitos

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ellux Consultoria - há mais de 15 anos trazendo soluções em Gestão da Sustentabilidade, Qualidade e Riscos.

Auditoria, Consultoria, Treinamentos e Gamificação em Sistemas de Gestão com base nas Normas ISO 14001, ISO 9001, OHSAS 18001, ISO 26000, ISO 50001, ISO 31000, ISO 37001, ISO 19600, ISO 45001, DSC 10000 e outros modelos.