Gestão em Sustentabilidade e Responsabilidade Social

Um dos temas de maior relevância no meio empresarial é o da busca da sustentabilidade, através da responsabilidade social como meio. A maioria das empresas adota uma série de práticas com a finalidade de contribuição à sociedade, incluindo-se aí o respeito ao meio ambiente. Ela é consenso entre acionistas, investidores, financiadores, comunidades, governos, etc. Diversas pesquisas de instituições de renome e estatísticas dos índices de sustentabilidade das bolsas de valores mostram que ações de empresas comprometidas com a responsabilidade social e a sustentabilidade se valorizam mais que as demais.

Modelos distintos são empregados para sistematizar a gestão da Sustentabilidade e Responsabilidade Social, como a SA 8000, Indicadores Ethos, AA 1000 e outros critérios socioambientais.

Com a aprovação em 2010 da Norma ISO 26000 – Responsabilidade Social, gerou-se um consenso internacional sobre a abrangência e requisitos para a implementação e manutenção de um Sistema de Gestão da Sustentabilidade/Responsabilidade Social – SGRS. Este documento define diretrizes abrangentes sobre a responsabilidade sócio-ambiental, incluindo assuntos já cobertos pelas normas SA 8000 e ISO 14001, além de outros como Governança, Direitos Humanos, Envolvimento/ Desenvolvimento Comunitário, Questões de Consumidores e Práticas Justas de Operação, como ilustrado na figura a seguir.

As empresas cujos valores incorporaram a sustentabilidade e a responsabilidade social buscam colher alguns dos seguintes benefícios:

  • melhoria da imagem institucional.
  • melhoria do diálogo com as partes interessadas, assegurando a acionistas, clientes, comunidade, organizações não governamentais, governo e outras partes interessadas o compromisso e práticas de gestão da responsabilidade social, o que se reflete na imagem e na melhor aceitação e penetração da empresa na sociedade.
  • efetivo cumprimento à legislação social, trabalhista, ambiental, de proteção ao consumidor e outras, evitando multas, vulnerabilidades, passivos, acidentes e danos à imagem institucional.
  • redução da poluição, do uso de materiais e de energia.
  • aumento das competências, conscientização e do aprendizado organizacional e individual, além da atração e retenção de talentos.
  • mensuração dos resultados relacionados à responsabilidade social no processo de melhoria contínua.

A certificação/reconhecimento de um SGRS pode ser obtida em condições específicas, conforme modelos criados para tal fim, como a brasileira NBR 16001 (baseado na ISO 26000, e baseada nas norma ISO de Sistemas de Gestão, como a ISO 14001), a SA 8000 (criada em 1997 e gerenciada pela SAI, com mais de 3500 empresas certificadas), Indicadores Ethos ou outros modelos próprios.

A ellux pode auxiliar sua empresa na concepção, implementação ou melhoria do SGRS. As atividades que desenvolvemos, seja em conjunto com o pessoal da empresa ou definidas pela consultoria com a sua aprovação são:

  • elaboração de planos de implementação e seu acompanhamento.
  • definição da gestão estratégica, liderança, políticas, objetivos, indicadores e planos de gestão.
  • levantamento e avaliação de impactos socioambientais sobre a responsabilidade da empresa, e definição da esfera de sua influência.
  • análise de stakeholders.
  • concepção de manuais, procedimentos e sistemáticas.
  • elaboração de planos, ações e materiais de comunicação sobre o SGRS.
  • implementação dos procedimentos.
  • elaboração dos conteúdos de relatórios/balanços sociais e de sustentabilidade.
  • estabelecimento de ações corretivas/preventivas.

Além disto, veja também nossas atividades de auditoria e treinamento que completam o projeto de consultoria!

Ellux Consultoria - há mais de 15 anos trazendo soluções em Gestão da Sustentabilidade, Qualidade e Riscos.

Auditoria, Consultoria, Treinamentos e Gamificação em Sistemas de Gestão com base nas Normas ISO 14001, ISO 9001, OHSAS 18001, ISO 26000, ISO 50001, ISO 31000, ISO 37001, ISO 19600, ISO 45001, DSC 10000 e outros modelos.