ESTATÍSTICAS DE CERTIFICAÇÕES ISO – 2016 PARTE 1

Segue resumo das estatísticas de certificações das principais normas de sistemas de gestão da ISO, referentes aos dados de dez/16. No site da ISO podem ser consultados os dados mais detalhados das certificações acumuladas e novas por ano, região, país e setor industrial. (apresentaremos um resumo destes dados no próximo Post!):

Estatísticas Certificações

* ISO 9001:2008 (= 1025761) + ISO 9001:2015 (=80596)
** ISO 14001:2004 (=323023) + ISO 14001:2015 (=23167)

Seguem alguns comentários:

As normas que apresentaram o maior crescimento de certificações foram a ISO 50001 e a ISO 20000-1 (69 e 63% de aumento frente a 2015, respectivamente). A ISO atribui o forte crescimento destas certificações à sua relativa novidade.

  Foram acrescentadas à estatística as normas ISO 39001:2012 (Segurança rodoviária) e ISO 28000:2007 (Segurança na cadeia logística), após recomendações de especialistas internacionais em acreditação e certificação consultados anualmente, somando um total de 11 normas pesquisadas.

  Ainda não foram consideradas outras normas mais recentes de Sistemas de Gestão, como a ISO 37001 (Antissuborno), ISO 21001 (Organizações educacionais), ISO 29001 (Qualidade – petróleo, petroquímica e gás natural), ISO 55001 (Gestão de Ativos), ISO 21101 (Segurança em Turismo de Aventura) e ISO 20121 (Gestão de Sustentabilidade de Eventos). Para 2018/2019, outras normas a serem aprovadas nos próximos meses podem ser somadas, como a ISO 41001 (Gestão de Instalação/ ”Facility”) e a ISO 45001 (Saúde Ocupacional e Segurança).

  A ISO/TS 16949 (Gestão da Qualidade Automotiva) será substituída pela IATF 16949:2016 até 14/09/2018.

Revisão ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015

Vale lembrar que já se passaram 2 anos da publicação da revisão 2015 das Normas ISO 9001 e ISO 14001, e o processo de transição da certificação para esta nova versão já está em seu final (com menos de 1 ano de prazo). Os números de 2016 representam um alerta de que grande parte das organizações deixou a atualização para a parte final do prazo (ao final de 2016, menos de 10% dos certificados eram na nova versão). Recomenda-se que as organizações certificadas na versão anterior tomem as seguintes ações:

Avaliar as lacunas a suprir para atender aos novos requisitos (com ênfase nas mudanças na gestão estratégica, liderança e integração ao negócio, além das específicas de cada norma);

  Desenvolver um plano de adequação;

  Treinar e conscientizar adequadamente todos os envolvidos que impactam a eficácia do Sistema de Gestão da organização;

  Reciclar/retreinar os auditores perante as mudanças de requisitos e abordagens da nova norma, particularmente quanto aos novos requisitos de contexto da organização, liderança e demais mudanças;

  Atualizar o Sistema de Gestão para atender aos requisitos revisados;

  Avaliar a eficácia do atendimento à nova norma em sua auditoria interna;

  Completar o ciclo de mudanças com a análise crítica pela administração e as ações decorrentes de melhoria e corretivas.

Michel Epelbaum – diretor da Ellux Consultoria

Consulte nossos serviços de ConsultoriaTreinamento e Auditoria em Sistemas de Gestão, inclusive para as Normas ISO 9001:2015, ISO 14001:2015, ISO 50001, ISO 45001 e ISO 37001.

Saiba mais sobre este assunto em nossos posts relacionados:

ESTATÍSTICAS DE CERTIFICAÇÕES ISO EM 2015

ESTATÍSTICAS DE CERTIFICAÇÕES ISO (2015) – PARTE 2

Compartilhe este post!

1 Comments

  1. Pingback: ESTATÍSTICAS DE CERTIFICAÇÕES ISO 2016 – PARTE 2 – Ellux Consultoria

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ellux Consultoria - há mais de 15 anos trazendo soluções em Gestão da Sustentabilidade, Qualidade e Riscos.

Auditoria, Consultoria, Treinamentos e Gamificação em Sistemas de Gestão com base nas Normas ISO 14001, ISO 9001, OHSAS 18001, ISO 26000, ISO 50001, ISO 31000, ISO 37001, ISO 19600, ISO 45001, DSC 10000 e outros modelos.